RUA CHABAD, 105 - CERQ. CÉSAR CEP 01417-030 - SÃO PAULO - SP

CABRA-CEGA

Cartaz-Cabra-Cega
Direção – Toni Venturi
Gênero – Ficção / Drama
Lançamento – Abril 2005
Elenco – Leonardo Medeiros, Débora Duboc, Michel Bercovitch, Jonas Bloch
Roteiro – Di Moretti
Fotografia – Adrian Cooper
Arte – Chico Andrade
Som – João Godoy, Beto Ferraz, Armando Torres Jr.
Musica – Fernanda Porto
Chico Buarque canta “A Gota D’Água”
Montagem – Willem Dias
Produção Executiva – Sérgio Kieling
Produção – Olhar Imaginário
Distribuição – Europa Filmes

Um thriller político centrado na história jovens militantes esquerdistas que vivem o sonho e o pesadelo da revolução armada. O pano de fundo é um Brasil amordaçado, sem liberdades democráticas. Menção honrosa no 11º Kerala International Film Festival (Índia), e Melhor Filme do 3º Syracuse International Film Festival (EUA).

 

CABRA-CEGA narra no primeiro plano uma situação limite entre jovens guerrilheiros que querem mudar o mundo. Uma história de amor entre Tiago (Leonardo Medeiros), ex-líder estudantil que optou pela luta armada, e Rosa (Débora Duboc), enfermeira e filha de operário comunista do interior de São Paulo. Em seu subtexto, o filme revela um país que viveu uma época de exceção, um período de censura, imposições e provações. Um mergulho subjetivo numa época ainda pouco conhecida pela grande maioria da sociedade.

 

 

“Cabra-Cega, também muito premiado no 37° Festival de Brasília, emprega dramaturgia vibrante, de bom diálogo com o público, ao abordar uma época em transe, os anos de chumbo da ditadura militar. O longa metragem de Toni Venturi é o primeiro a retratar, com dignidade, a época da guerrilha urbana no país. Tratar com honestidade tema tão controverso do ponto de vista da interpretação histórica não é o menor mérito desse filme eletrizante e com boas possibilidades de êxito em seu lançamento comercial.”
Luiz Zanin Oricchio
(Caderno 2, 19/11/2004)

Prêmios

Melhor Direção / Arte / Ator / Roteiro /
Filme – Júri Popular / Memória
37° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, 2004
Melhor Filme – Júri popular
2° Festival de Cinema de Campo Grande, 2005
Melhor Filme / Direção / Música / Ator
12° Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, 2005
Melhor Ator / Atriz / Música / Arte / Júri
2° FestCineBelém, 2005
Melhor Filme / Ator / Mus. / Mont. / Fot. 
2° Festival de Maringá, 2005
Menção Honrosa
11° Festival Internacional de Kerala, Índia 2005
Melhor Direção / Atriz / Ator Coad. / Arte
2° Prêmio FIESP/SESI Cinema Paulista, 2006
Melhor Filme Latino
3° Syracuse International Film Festival, 2006